Abstração


Pintura: Sr. do Vale
2,50m x 1,50m




Quem sabe a policromia não atinja
A clorofílica paixão de jade?
Nada é tudo o que se finja
E que tinja de cor a verdade.
A verdade do jade não é fato
Nem as cores concretas, o abstrato.
____________________________________________
.
A b s t r a ç ã o
.
A distração que tomou conta de minha mente
E do coração também.
IOANES NULLIUS
____________________________________________

O poder que a abstração exerce
em nossa mente inquieta
Logo se quer tornar concreto
o que abstrato está
A razão nos faz querer a tudo decifrar
Mas que graça pode haver
se a graça está no mistério,
nas interpretações diversas,
na imaginação a correr a solta
Existe coisa mais abstrata
do que nossa concreta vida?
Ianê Mello
____________________________________________


Eu sou um anjo
Um gárgula
O dragão encolhido
Minha angústia prevê
Autofagias
Eu abocanho meu pescoço
Encurralado que estou
Pelo escudo do seu desejo
Que me ataca em jatos multicoloridos
Eu finjo medos
Eu nem tenho olhos
E eu morro ansiando
Que ele pinte de carnaval
A minha verde pele.

7 comentários:

Mai disse...

Concretamente ela está em nossa mente. Com cores é arte!
abraços

Marcello 'Maddy Lee' L. disse...

Carissississississíssimo irmão Do Vale!
Até que é bom dar uma sumida pra depois cair na orgia de suas novas artes. Não tem jeito, continuo sempre me impressionando com suas viagens e as viagens dos que por aqui acampam.
Decerto, então, caro amigo, deixo aqui minha pequena piração:

Quem sabe a policromia não atinja
A clorofílica paixão de jade?
Nada é tudo o que se finja
E que tinja de cor a verdade.
A verdade do jade não é fato
Nem as cores concretas, o abstrato.

Vela pela visita lá no Pântano!
Abração!
ML

tossan disse...

O abstrato as vezes é tão real! Fantástico! Abraço

Ianê Mello disse...

O poder que a abstração exerce
em nossa mente inquieta
Logo se quer tornar concreto
o que abstrato está
A razão nos faz querer a tudo decifrar
Mas que graça pode haver
se a graça está no mistério,
nas interpretações diversas,
na imaginação a correr a solta
Existe coisa mais abstrata
do que nossa concreta vida?

Ianê Mello

Senhora Loirinha Má disse...

Eu sou um anjo
Um gárgula
O dragão encolhido
Minha angústia prevê
Autofagias
Eu abocanho meu pescoço
Encurralado que estou
Pelo escudo do seu desejo
Que me ataca em jatos multicoloridos
Eu finjo medos
Eu nem tem olhos
E eu morro ansiando
Que ele pinte de carnaval
A minha verde pele.

Carmen Thiago disse...

Oi Seu menino... que lindo seu trabalho....Amei !!! Gosto muito desses coloridos intensos... e já que vc tmb curte, poderá ver isso em meu outro blog só de ilustrações...... http://ilustracoes-carmenthiago.blogspot.com/ ...... lá tem uma postagem só de ... PINTURAS DIGITAIS-POP CONTEMPORÊANEAS .... Me senti lisonjeada pela visita, de um colega tão talentoso... Parabéns !

lenor disse...

Pré-colisão.