Alguém


Equanto isso..................Alguém
.
.
_________________________________________
.
.
.[Sangue]
.
.
Alguém no tudo que sangra
Com recebimento da missiva
E pelo amigo correio outro dia
Os olhos ao cume nada gastos e rasgados
Que contava a recâmara das partículas sentidas
Todas as nuances guardadas por dentro
Que realmente importam de velas acessas
O rosto não coloca o melhor disfarce
E tudo está no viril quarto que desadormece
Até que o coração cerca de observações
E ela sabe no encharcar das etapas
Enquanto lê as partituras fortes
Que a vida se movimenta rápido
Ventos sopram, partilhas das marcas indeléveis
E é preciso apertar mais o casaco
Não permitir a carta voar para longe
.
Priscila Cáliga

7 comentários:

Lily disse...

... alguém espia e espera...

Canteiro Pessoal disse...

Sr do Vale, sempre que leio ou ouço a frase enquanto isso... a palavras espelho e degraus se instalam.

Do alguém... Senti-se em observação, sempre no desvendar por trás do nome.

Portanto, o que está para além do perfil?

Enfim, pintar o além de uma foto; a busca dentro da figura armada na pose, o por trás.

Priscila Cáliga

tonhOliveira disse...



Quanto VALE?

Algo?
Algum?
Alguém?

Diz-me... SR do bem!

:)

M.PAUMARCH disse...

Un treball misteriós, no habitual. M'agrada!
Salutcions, Joâo.

Salvador.

Canteiro Pessoal disse...

[Sangue]

Alguém no tudo que sangra
Com recebimento da missiva
E pelo amigo correio outro dia
Os olhos ao cume nada gastos e rasgados
Que contava a recâmara das partículas sentidas
Todas as nuances guardadas por dentro
Que realmente importam de velas acessas
O rosto não coloca o melhor disfarce
E tudo está no viril quarto que desadormece
Até que o coração cerca de observações
E ela sabe no encharcar das etapas
Enquanto lê as partituras fortes
Que a vida se movimenta rápido
Ventos sopram, partilhas das marcas indeléveis
E é preciso apertar mais o casaco
Não permitir a carta voar para longe


Priscila Cáliga

Anônimo disse...

Antes, me sentia mal...
Durante, me senti morrer...
Agora, nem sei o q sinto mais...
Só espero ainda sentir algo; pois quando não há mais sentimentos, não sentidos, nem mesmo "particulas de sentido"

P.S. num precisa aprova não, eu sei q leu...

Anônimo disse...

Se todas esta pessoas te conhecessem como eu...
Se ao menos uma delas tivesse a capacidade de enxergar o q vai ai dentro...
Se só por pensamento pudesse imaginar o quão vasto é este seu universo, e ao mesmo tempo o quanto é pequeno este espaço...
Sei não...