Paisagem Silênciosa

Desenho, palavra e vida

Desenhe minha palavra e use as cores da moda, use um toque indigitado e uma pergunta indiscreta.

Use trajes típicos e não demonstre arrependimento. Desenhe o que ouvir e o que acreditar ter ouvido; a diferença, embora abismal, não causará danos assim tão irreparáveis.

Passeie dentro de uma paisagem em silêncio e note que o traço perfeito buscará linhas em perspectiva, e que a fuga revelará um sorriso antes adormecido no turvo empobrecimento da escolha. Perceba quase nítido alguns homens que se levantam e caminham nus sobre um chão de explosões.

Desenhe minha palavra no escuro e deixe o tom se acostumar à presença das serpentes, estas minhas companhias de todas as horas. Verás que as formas se oferecerão mais fartas e que seus modos, mais sensuais então, permitirão o toque.

Desenho, palavra e vida, não necessariamente nesta ordem, pactuam sem a famigerada proteção divina; preferem assim que é mais um improviso do que um arranjo pronto, mais um sabor que uma expectativa incorpórea.

Texto: Sérgio Luyz (http://www.atramabacana.blogspot.com/)



Desenho: Sr. do Vale

14 comentários:

BIA disse...

"Paisagem silenciosa"... aberta às emoções!

Abraço terno

BIA

Senhora Loirinha Má disse...

Coisa que nunca soube fazer na vida foi ser serena.

Renata Maria Parreira Cordeiro disse...

Lindo, adoro tudo o que vc faz, mesmo sem saber o que é. Sr. do Vale, linkei um desenho do Carlo Rochas ao meu Blog, está acima do meu post do Bonequinha de Luxo. Gostaria que vc visse e opinasse. Ele tbém me desenhou e vc pode ver o desenho no meu post, abaixo do dele.
Se for comentar para o Carlo, post de cima.
Se for opinar para mim, post de baixo.
Um beijo,
Renata Cordeiro

VANUZA PANTALEÃO/OBRA LITERÁRIA disse...

Aiiiiii, que lindo!
Mas, você não liga pra mim!
Só Renata, Renata...(fazendo beicinho)
Faço uma força naquele PC velho e ele nem aí!
Posso copiar seus desenhos? Posso?
Brincadeira, Renata é a nossa mascotinha, meio malcriada, mas muito cabeça e um grande coração!
Fulgurante domingo!!!(muito gripada, mal mesmo)

Crisfonseca disse...

Belíssima, fiquei por horas a admirar
Beijos grandes
Cris

Obrigada à Lua, Mãe Ancestral que nos ensina a Arte de Curar - Madre Del'Alma disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Obrigada à Lua, Mãe Ancestral que nos ensina a Arte de Curar - Madre Del'Alma disse...

Sr. do Valle!

Fiquei emocionada com suas palavras. Para mim, os acasos não existem. A gente encontra aquilo que procura (note-se caro amigo, que aqui não fala a profissional, mas sim, a mulher que ama a vida e as pessoas). Você chegou a mim pela "Trama Bacana", que também sou fã. Como sou sedenta de conhecimento fui visitá-lo, e qual não foi minha surpresa ao seu espaço me aconchegar...linhas sinuosas, curvilíneas, suaves, delicadas em cada movimento, cores vibrantes sem necessidade de palavras...não resisti.
É apaixonante seu trabalho. Não desmerecendo ninguém, mas não sou muito adepta de retas...elas limitam. Seu trabalho fala por si só, mas ao ler seu carinhoso recadinho, percebi um homem com a Alma de criança...Você é muito especial por ser assim. Obrigada pelas gentis palavras, por me fazer sentir alguém especial. Ser sua amiga é uma honra. A recíproca é verdadeira. Seja sempre Bem Vindo!
Amigos não marcam hora. Eles chegam e pronto. O café estará sempre prontinho e o tempo para a boa conversa será infinito.
Ah! E quanto agora você ter alguém para te trazer a terra, ledo engano amigo, acho que é mais fácil eu ir a lua também, porque além de meu amor por ela e pelo Universo, aqui só encontrará simplesmente, Stellinha, uma bruxinha muito feliz! Mas isso não quer dizer que não possamos de vez em quando, trocar palavras mais sérias dentro de minha área...rs
Escolhi essa obra para meu post, porque tem tudo o que amo. A cor, as curvas e o mistério...viajei com a Alma e foi difícil, confesso, retornar a terra.
OBRIGADA GIGANTE CORAÇÃO.
Abraços com carinho
Stellinha :)

f@ disse...

Parabéns pelo excelente espaço sensivel e criativo e.....
Atravessei a paisagem da Trama Bacana para chegar aqui....
Muito bonita paisagem.... essa dos silêncios de um mundo infinito de afectos ...
da próximidade e breve distância do céu com essa lua mistério....
beijinhos das nuvens

beto melodia disse...

olá.

perfeita, só o que ouso dizer, meu amigo.

abraços e uma ótima semana.

Bill Stein Husenbar disse...

Encantado com a paisagem.

http://desabafos-solitarios.blogspot.com/

Selena Sartorelo disse...

Parabéns aos dois, não sei qual delas foi concebida primeiro, mas seja qual for, a que veio depois fez um belíssimo trabalho.
linda parceria. Na descoberta do ser emblemático, a obra é simplesmente simbiótica.

abraços,
Selena

Aline Ahmad disse...

Que honra receber sua visita!
As suas pinturas digitais são lindas!
Já tinha visitado seu blog. Parabéns e obrigada por comentar no meu.
Beijos de luz,
Aline***

Sr do Vale disse...

Sérginho soube como ninguém, caminhar por essa paisagem.

Oliver Pickwick disse...

Este post bem que poderia chamar-se Duelo de Titãs. Sergio Luyz x Sr. do Vale. Provavelmente, o vencedor é o visitante.
Um abraço