Reluz

Pintura: Sr. do Vale
1,50m x 2,50m



Detalhe







já conhecia ou estamos tratando de ligações com outras dimensões rsrs, porque suas imagens nos propõe este convite de adentrar nas cores, saborear e brincar com as formas, tipo nuvens no céu, ao olha-lá ficamos nos perguntando da magia e no desejo, falta só respirar e me atravessar feito luz cósmica, big bang e o céu de meu lençol me cobre de partir, morrer e voltar a ser partículas de menino sideral.

Noslen ed azuos
____________________________________________________


Um anjo bateu em minhas asas, tocou uma música suave, lambeu minhas feridas abertas, num amor meigo e disse, levanta, abre as portas, que o amor só merece o amor!




____________________________________________________

... o cume no mais inspirador dos dias, alfa e ômega. do alto que se pinta, a complexa história pouco a pouco por trazer semblante como um escultor compulsivo. almático na voz encorpada, cada parágrafo, dia e noite na linha do romance reescrito. as asas que não se fecham para o abrir celeste forjado nas entranhas da emoção. os sonhos que saem dos recônditos, onde se esconde os segredos no desabrochar do legado inesquecível. dos vales se instiga a mente com inumeráveis indagações. primaveril de boas novas das infindas palavras e gestos em condução a bandeira da composição.

Priscila Cáliga

8 comentários:

VEREDAS, por Marluce disse...

Reluz, toda tela tua reluz, um tom do belo!



Um abraço, Marluce

Noslen ed azuos disse...

já conhecia ou estamos tratando de ligações com outras dimensões rsrs, porque suas imagens nos propõe este convite de adentrar nas cores, saborear e brincar com as formas, tipo nuvens no céu, ao olha-lá ficamos nos perguntando da magia e no desejo, falta só respirar e me atravessar feito luz cósmica, big bang e o céu de meu lençol me cobre de partir, morrer e voltar a ser partículas de menino sideral.

abração
ns

Valéria Sorohan disse...

Um anjo bateu em minhas asas, tocou uma música suave, lambeu minhas feridas abertas, num amor meigo e disse, levanta, abre as portas, que o amor só merece o amor!

Foi assim que traduzi sua a imagem.

BeijooO*

Canteiro Pessoal disse...

Sr do Vale,

o cume no mais inspirador dos dias, alfa e ômega. do alto que se pinta, a complexa história pouco a pouco por trazer semblante como um escultor compulsivo. almático na voz encorpada, cada parágrafo, dia e noite na linha do romance reescrito. as asas que não se fecham para o abrir celeste forjado nas entranhas da emoção. os sonhos que saem dos recônditos, onde se esconde os segredos no desabrochar do legado inesquecível. dos vales se instiga a mente com inumeráveis indagações. primaveril de boas novas das infindas palavras e gestos em condução a bandeira da composição.

Abraços

Priscila Cáliga

betomelodia disse...

olá, sr do vale...

pensar, criar, digitalizar o brotar do amor...
uma bela imagem, meu amigo...

beijos em teu coração...

Anônimo disse...

TUDO!!!!!!











Palhastro, não me esqueça, companheiro...

Ianê Mello disse...

Em busca do sol
criatura humana
braços erguidos
conexão com o infinito
pode um humano tocar o céu?
conectar-se com o divivo
dádiva de poucos
encontrar a paz interior
o nirvana de luz
esperança que nunca morre
no divino que há em nós


Aqui estou novamente. è sempre um prazer inspirar-me em suas lindas pinturas, meu amigo.
Grande abraço.

M.PAUMARCH disse...

Joâo, perdona que no et visiti. Li he dit el mateix a Nelson de Souza, però és que estic molt ficat en la música "blues/rock southern", i no entro als blocs, només al FB per a fer la meva petita campanya política... ja saps... Tinc diferents èpoques... i ara toca música.
Delicadíssima versió femenina...!, les dones són el meu tema recurrent... què hi farem? De fet, la guitarra és la meva dona actual, però em castiga bastant i sovint em fan mal els dits.

Um grande abraço catalâo, amic!!!