Plenitude

Pintura: Sr. do Vale


Nada é tudo...
Entre a distância e o tempo que leva à realidade
que mantém presente o sentimento da ausência da solidão.
Tua alma reconhece...
A razão dos cegos corroeu a mente que enlouqueceu quando encontrou o puro sentimento.
O amor não tem como explicar e saber que quem o sente o sabe.
Entender a plenitude é o sentido da razão compreendendo o sentimento.
simplesmente amar sem ter que explicar.
**********************************************************************************
À plenitude
Alude
Um açude
Pra sede de ver...

6 comentários:

BIA disse...

Pra chegar a algum lugar...é preciso transpor ou arriscar.

Depois do sangue...a magia da cor!

Abraço aberto


BIA

Noslen ed azuos disse...

Estou embriagado em suas cores, nelas misturo sabores dos doces e amores que a vida dá nestes rios e veias de tintas e licores.

Abração
ns

Selena Sartorelo disse...

Nada é tudo...

Entre a distância e o tempo que leva à realidade
que mantém presente o sentimento da ausência da solidão.
Tua alma reconhece...
A razão dos cegos corroeu a mente que enlouqueceu quando encontrou o puro sentimento.
O amor não tem como explicar e saber que quem o sente o sabe.
Entender a plenitude é o sentido da razão compreendendo o sentimento.
simplesmente amar sem ter que explicar

Beijos,
Selena

Salve Jorge disse...

À plenitude
Alude
Um açude
Pra sede de ver...

beto melodia disse...

grande parte de suas criações já fazem parte de meus temas de tela (slide-show), e causam admiração à todos que as veêm...
abraços, meu amigo...
um ótimo final de semana e beijos em seu coração...

tossan disse...

Não entendo muito da arte, mas sei o que vejo e é muito bom! Blog assim como este vale a pena é um colírio rssss. Abraço