Miríade

Pintura: Sr. do Vale
1,15m x 0,86m



...tudo mareia num mar de águas nem sempre claras...
aqui, este mar parece transparente!
E enche, como um ventre prenhe de águas amnióticas...
certo é que a seu tempo vazará,
nos movimentos naturais, quiçá na força das marés!
Bia
___________________________________

Era uma vez um coração que voava no céu, e porque tinha raízes em vez de asas, fugia e nunca caía nem se deixava agarrar pelos anjos de terra de formas informes, e alguém de verde, talvez a chorar, não o queria ver passar.
lenor

15 comentários:

Maria disse...

...tudo mareia num mar de águas nem sempre claras... aqui, este mar parece transparente!


E enche, como um ventre penhe de águas amnióticas...certo é que a seu tempo vazará,nos movimentos naturais, quiçá na força das marés!

Abraço terno e amigo


BIA

Maria disse...

ventre prenhe, quis dizer...

M.PAUMARCH disse...

M'agrada aquesta llum!
Una pregunta, Sr. do Vale, si és pintura virtual com pots saber quines dimensions reals té? O aquest és pintura física?

Salut, amic.

lenor disse...

Era uma vez um coração que voava no céu, e porque tinha raízes em vez de asas, fugia e nunca caía nem se deixava agarrar pelos anjos de terra de formas informes, e alguém de verde, talvez a chorar, não o queria ver passar.
:)

Selena Sartorelo disse...

Curioisdades:

Miríade é um numeral de origem grega significando dez mil. A palavra em língua portuguesa provém do francês myriade, derivada do latim medieval myrias ǎdis e, este, do grego myriás - ádos[1]. Na língua portuguesa, além do significado original pode significar uma quantidade grande indefinida [2]. No sistema de numeração da Grécia Antiga, o maior número existente era a miríade de miríades, correspondente a cem milhões. Esta expressão é encontrada em certas traduções da Bíblia, como em
"E olhei, e vi a voz de muitos anjos ao redor do trono e dos seres viventes e dos anciãos; e o número deles era miríades de miríades e milhares de milhares" (Apocalipse 5:11).[3]

beijos,

Cultura Malcriada - disse...

E aí, Mister!

Muito louca essa pintura, hein! Mas me diga aí: é digital ou pintada mesmo?

FaloU!

Noslen ed azuos disse...

"Keve’s": criaturas amorosas sustentadas pelas levezas astrais, são seres do Planeta Valiano, cujo Deus artista ensina aventura de viver dos sonhos.

Abração
ns

Cristiana Fonseca disse...

Incríveis cores, belíssima arte.

Auréola Branca disse...

Tb tenho enormes saudades de passar por aqui. Aqui é meu mundo encantado, meus sonhos revelados em mistérios...
E, para deixar um mimo, gostaria que fosse pegar um selinho no meu blog, que eu dediquei-te. Talvez, seja interessante conhecer mais um pouquinho sobre o autor de curiosos desenhos digitais...
Abraços carinhosos...

Auréola Branca disse...

Vc guardou a minha foto, Sr? Puuxa, fiquei vermelha que nem maçãs...

betomelodia disse...

sr do vale...

é sempre um prazer visitar seu espaço e admirar suas incríveis criações...
meus parabéns...

beijos em seu coração...

MÁRCIO OKAYAMA disse...

Parabéns pelo belissimo trabalho!

Obrigado pelo post gentil

Vamos nos falando

Sucesso

Marcio Okayama

Mя Đo™ јuŝт ғøя ғци disse...

salut sr do val,

ainda não tenho reencontrado o tipo de pintura que tocou-me ao início, mas olho a progressão com interesse

@+

Mя Đo™ јuŝт ғøя ғци

Amorinha disse...

Olá , estou recriando meu blog já que meu outro foi invadido.Estou a procura de blogs legais para acompanhar .. adorei o espaço!
Ótimo post :)
Bom fim de semana!
Beijos.

Hercília Fernandes disse...

Sr. do Vale,

encantada com o onirismo e, simultaneamente, profundidade de suas criações.

Tomei a ousadia de realizar uma intersubjetividade [poética], conjuntamente a versos do grande Fred Matos, com esta belíssima obra. Espero que aprecie o poema, intitula-se "(re)fluxo".

Abraços,
H.F.