Lembrança Progressiva

Pintura: Sr. do Vale
1,50m x 090m


Lembrança Progressiva
Debruçada na janela de minh'alma
Uns instantes revelados expõe dores
Lembranças, algumas ternas, trazem calma
Outras saudosas, memórias dos amores
.
Dentro, no universo interno, mergulhada
Vislumbro, emociono, sinto odores
E pergunto, onde dará tal estrada?
Passado, presente,
são tantas as cores!
________________________________________________

Um tanto de Luz e de Escuridão
É vida é cor, é tela de emoção…
.
Aquece a minha alma, boi pachorrento e manso
Conta-me sentimentos desse teu remanso…
.
A nudez da minh´alma, enluarada de encanto
Em rosadas ternuras…
.
Oh, pássaro de fogo dos primordiais tempos
Pomba branca da paz, no cerúleo das alturas…
.
Ai, esta alma de pássaro em desassossego
Liberdade de asa colorindo os ares…
.
Ainda há réstias vivas de esperança
Memórias profundas
E límbicas claridades!
________________________________________________



Repete o mesmo caminho com elementos diferentes
Atinge a luz em todas as intensidades,
não deixando a sombra de existir
Nítido é o bicho de cada serde cada sentimento
á todo e mesmo, o sempre momento.
Já andei por esses mesmos caminhos
com olhos diferentes.
Perceber a intenção com a clareza da razão,
que transporta o mesmo momento com diferentes sentimentos...
A lembrança existe tanto daquilo que vivemos
como daquilo que apenas sentimos e pensamos.
Vivemos por um mundo melhor...
com sentimentos melhores...
E quando percebemos que somos corpo desse universo
e tudo é a mesma coisa representada por milhares de maneiras diferentes...
Regressiva é o sentimento
Progressivo o pensamento...
E quem sabe a lembrança não seja apenas o élo que os uni.
________________________________________________


Estamos atentos
às cores
e ao rubro dos vôos
às asas de aço
do pássaro branco
e à platéia
que assiste a tudo
amorfa.
________________________________________________

Recebi a missiva
E mesmo estando à deriva
Vim da andaça
Graças à tua lembrança
Que de tão viva
Progressiva
Incisiva
Enquanto dança
E avança
Qual maré mansa
Na atenção que cativa...
Salve Jorge
________________________________________________





8 comentários:

Luciene de Morais disse...

Lembrança Progressiva

Debruçada na janela de minh'alma
Uns instantes revelados expõe dores
Lembranças,algumas ternas,trazem calma
Outras saudosas, memórias dos amores

Dentro,no universo interno, mergulhada
Vislumbro, emociono, sinto odores
E pergunto, onde dará tal estrada?
Passado, presente, são tantas as cores!

BIA disse...

Um tanto de Luz e de Escuridão
É vida é cor, é tela de emoção…

Aquece a minha alma, boi pachorrento e manso
Conta-me sentimentos desse teu remanso…

A nudez da minh´alma, enluarada de encanto
Em rosadas ternuras…

Oh, pássaro de fogo dos primordiais tempos
Pomba branca da paz, no cerúleo das alturas…

Ai, esta alma de pássaro em desassossego
Liberdade de asa colorindo os ares…

Ainda há réstias vivas de esperança
Memórias profundas
E límbicas claridades!

BIA

cirandeira disse...

Simplesmente d e s l u m b r a n t e!! Se explicar perco a emoção, o sentir...
um abraço

Dona Sra. Urtigão disse...

Sem comentar, apenas(?) apreciar. Porque sinto que já estive com estas imagens?

Selena Sartorelo disse...

Repete o mesmo caminho com elementos diferentes
Atinge a luz em todas as intensidades, não deixando a sombra de existir
Nítido é o bicho
de cada ser
de cada sentimento
á todo e mesmo, o sempre momento.
Já andei por esses mesmos caminhos
com olhos diferentes.
Perceber a intenção com a clareza da razão, que transporta o mesmo momento com diferentes sentimentos...
A lembrança existe tanto daquilo que vivemos como daquilo que apenas sentimos e pensamos.
Vivemos por um mundo melhor...
com sentimentos melhores...
E quando percebemos que somos corpo desse universo e tudo e a mesma coisa representada por milhares de maneiras diferentes...
Regressiva é o sentimento
Progressivo o pensamento...
E quem sabe a lembrança não seja apenas o élo que os uni.
E num é minino? rsrsrs, precisa esponder não tá rsrsrs foi só brincadeira...beijos

lenor disse...

Gosto daquela lua que voa porque é da cor dos pássaros.

Senhora Loirinha Má disse...

Estamos atentos
às cores
e ao rubro dos vôos
às asas de aço
do pássaro branco
e à platéia
que assiste a tudo
amorfa.

Salve Jorge disse...

Recebi a missiva
E mesmo estando à deriva
Vim da andaça
Graças à tua lembrança
Que de tão viva
Progressiva
Incisiva
Enquanto dança
E avança
Qual maré mansa
Na atenção que cativa...