Camadas

Pintura: Sr. do Vale



Camadas que se sobrepõem
Uma à outra, e justapostas
Necessidades que se impõem
A proteger as frágeis costas
.
Persona
Que se criou
Lá dentro, um ego ferido
Espera oportunidade
De ser aceito
Na sua verdade

Luciene de Morais
_______________________________________________________________________

Magma
Espelho vermelho
De tantas cores
Que nem sei onde
Por onde
Meu olhos
Olha...
Penso em Deus
mas sou ateu?
Não sou mais!
Minha religião
É o infinito das cores.
.
Em um lado
A sutil dona de meu corpo
E do outro lado
A loucura do grito de minha alma.

Noslen ed azuos
__________________________________________
O ato
O trato
O abstrato

A tinta tece o mosaico de cores
Como lesma vaga(rosa)mente
Perambulando em largo jardim
.
Aos olhos
O prazer em formas palpáveis
Tal qual ouvidos
Ao som de bandolim.

__________________________________________

A plantação se espalha por toda a extenção de cavernas e planícies
Regadas por cores intensas e distintas
Que brotam flores
que brotam seres
A tinta escorre densa
E em desvios naturais de águas calmas surgi o broto
Desobedecendo a gravidade o movimento segue desordenado e contrário
Enquanto é velado ele zela pelo próximo florescer...
Selena Sartorelo
__________________________________________

14 comentários:

lenor disse...

O que eu vejo é uma cama cor-de-rosa com um travesseiro azul onde um elefante bebé se vai deitar e ter pesadelos, com sombras e cores que gotejam viscosas, de paredes que não existem.

Luciene de Morais disse...

Camadas que se sobrepõem
Uma à outra, e justapostas
Necessidades que se impõem
A proteger as frágeis costas

Persona
Que se criou
Lá dentro, um ego ferido
Espera oportunidade
De ser aceito
Na sua verdade

matheus disse...

Magma
Espelho vermelho
De tantas cores
Que nem sei onde
Por onde
Meu olhos
Olha...
Penso em Deus
mas sou ateu?
Não sou mais!
Minha religião
É o infinito das cores.

Em um lado
A sutil dona de meu corpo
E do outro lado
A loucura do grito de minha alma.

ns

Miguel Barroso disse...

Belo post!


Abraços d´ASSIMETRIA DO PERFEITO

Dona Sra. Urtigão disse...

O que voce faz aqui é coisa de genio. Pelas suas pinturas e pela capacidade de agregar estes textos.
Faz-me feliz ter acesso...

Artista Maldito disse...

Olá Sr. do Vale

Na unidade da vida, em que as estalactites se transformam na cristalização dos seres, as cores fixam-se, como palavras libertas das suas sombras...

Continuação de Boas-Festas,
Isabel

Bill Stein Husenbar disse...

Antes de mais, Boas Festas.

Gostei da sobreposição de camadas... É quase como se completassem. Brilhante.

Post de qualidade.

http://desabafos-solitarios.blogspot.com/

Selena Sartorelo disse...

A plantação se espalha
por toda a extenção
de cavernas e planícies
Regadas por cores
intensas e distintas
Que brotam flores
que brotam seres
A tinta escorre densa
E em desvios naturais de águas calmas surgi o broto
Desobedecendo a gravidade
o movimento segue
desordenado e contrário
Enquanto é velado
ele zela
pelo próximo florescer...
Feliz ano novo!!!!!!!!

beijos,
Selena

f@ disse...

Sensibilidade e talento... imensa criatividade em camadas de cor e mistura magnifica de palavras...

Beijinhos das nuvens

renata disse...

Olá Caro amigo,
passo para deixar um abraço de feliz ano novo!
Que 2009 seja cheio de paz, amor, felicidade, harmonia, esperança, saúde, dinheiro, e tudo bom que vc merece!!!
Abraços fraternos
REnata

f@ disse...

FELIZ ANO NOVO…
Beijinho infinito das nuvens

águia_livre disse...

Se calhar são cores a mais.

Ou serei eu que as vejo assim?
.

tossan disse...

Sobreposição de camadas...mais um que eu aprendi com o ótimo artista.
Lindas obras! Abraço

Oliver Pickwick disse...

Torna-se, a cada dia, um feitiçeiro digital, meu velho. Não dá mais para nominá-lo de artista plástico, ou gráfico. Isto é magia.
Depois de uma pausa, estou de volta.
Um abraço e feliz 2009!