Apogeu

Pintura: Sr. do Vale
0,72m x 0,45m



Apogeu
Dourado
Ao longe
Um monge
Gravado
Sob um véu
Sob um céu
Que se esqueceu...



_________________________________________________



Auge
Apoteose
Apogeu
Subida até o topo
Do topo a vista
Até onde a vista alcança
O mundo todo é meu
Auge
Notoriedade
Sucesso & fama
Apogeu
Degrau, escada, elevador
A glória na minha cama
Milhões na minha conta
O mundo é todo meu
Auge
Apoteose
Notoriedade
Sucesso
Fama
Celebridade
Apogeu
A realidade se instala
Ao chegar tão alto
O único jeito é descer
A verdade nunca se cala
A decadência
A derrocada
O silêncio da tumba fechada
A Morte que chega calada
A Sorte que foi derrubada
Em plena plenitude
Esquecimento,
Seu mundo é todo meu
Ficam somente palavras
Escritas em tom de adeus
Auge
Apoteose
Apogeu



_________________________________________________

10 comentários:

lenor disse...

Acho que estão virados para, e a receber de novo, uma aurora. É isso?

Selena Sartorelo disse...

Palavras do dicionário:
"O ponto da órbita da Lua que fica mais afastado da Terra."
O ponto é fixo...
A órbita é movimento...
A lua sentimento...
A terra. Ah...ah terra!
A terra é o lugar pintado por você...e escolhido por mim para viver.

beijosssssssssss meu amigo e um ótimo fim de tarde prá você.

Noslen ed azuos disse...

Será que já conhecia este? Ou estava no inconsciente esperando seu momento de perceber, de qualquer maneira mais uma grande obra.

Abração
ns

Salve Jorge disse...

Apogeu
Dourado
Ao longe
Um monge
Gravado
Sob um véu
Sob um céu
QUe se esqueceu...

Carmello Café disse...

Amigo, estou na pausa, mas não estou totalmente ausente...
Minha pequena contribuição a essa sadia competição:

Auge
Apoteose
Apogeu
Subida até o topo
Do topo a vista
Até onde a vista alcança
O mundo todo é meu
Auge
Notoriedade
Sucesso & fama
Apogeu
Degrau, escada, elevador
A glória na minha cama
Milhões na minha conta
O mundo é todo meu
Auge
Apoteose
Notoriedade
Sucesso
Fama
Celebridade
Apogeu
A realidade se instala
Ao chegar tão alto
O único jeito é descer
A verdade nunca se cala
A decadência
A derrocada
O silêncio da tumba fechada
A Morte que chega calada
A Sorte que foi derrubada
Em plena plenitude
Esquecimento,
Seu mundo é todo meu
Ficam somente palavras
Escritas em tom de adeus
Auge
Apoteose
Apogeu

Abração.
Até!

Mikas disse...

Beijos

Cultura Malcriada - disse...

E aí Mister!

Muito louca essa pintura!!!! Até o Carmello entrou na dança... heheheh

FaloU!

Bill Stein Husenbar disse...

Nesta época natalicia, desejo um Feliz Natal recheado de momentos bons e inesqueciveis na companhia dos que mais ama. Que a alegria e a esperança se espalhe e se concretizem no coração de cada um de nós.

http://desabafos-solitarios.blogspot.com/

BIA disse...

Aqui estou! Sinta o meu sentir no silêncio colorido que saiu da sua arte e me envolveu por inteiro...

Levo mais um pouco do seu imenso comigo...

Abraço aberto ao seu peito


BIA

Cristiana Fonseca disse...

Belíssima pintura.
Eu não sei que comentário devo fazer, serei repetitiva.
Belo e belo.
Abraços,
Cris