Pé de Que?

Pé-de-vento
Redemoinho
balança árvore
passarinho
sente vertigem
dentro do ninho
.
Pé-de-moleque
mão no estilingue
de cima do galho
enxerga moinhos
mordendo a goiaba
olhar de menino


Sem pé nem cabeça...
Só pensamento
que elouquece o sentimento.
Brisa que vira vento
e trás o momento
Vento que vira brisa
um só alimento
.
Pé de mear
Que impede o alcançar
Pé descalço!
Pé de barro
Pé bem feito
Pé rachado
Pé cansado
Pé que leva
Pé que tráz
.
Um outro andar um novo caminhar
Sem nunca chegar
Sem querer lugar
Pé de ir
Pé de voltar
Pé pra tropeçar
e também prá levantar
.
"Pé meu querido Pé de quê?"
Pintura: Sr. do Vale

14 comentários:

Noslen ed azuos disse...

-Pé de Qualque!

qualquer dia apresento ele pra você...mais um trabalho anormal!!!

abração
ns

BIA disse...

Planeta verde...terra viva...árvore da vida!

Abraço-te ternamente


BIA

Big clash disse...

Pé-de-vento
Redemoinho
balança árvore
passarinho
sente vertigem
dentro do ninho

Pé-de-moleque
mão no estilingue
de cima do galho
enxerga moinhos
mordendo a goiaba
olhar de menino

Cristiana Fonseca disse...

Olá Sr do vale,
simplesmente belo.
Um conjunto perfeito de imagens e palavras.
Abraços,
Cris

Palhastro disse...

Este fundo rosa, que, por causa da diferença das suas outras pinturas, cujos fundos são negros ou, pelo menos, escuro... enfim, como normalmente o fundo é preto, este me pareceu, na primeira olhada, branco.

Gostei muito, seria uma nova fase ou apena uma esperimentação?

Este está muito lindo demais, mesmo!


Muito obrigado por brindar a humanidade com tanta coisa bela e original!

Um abraço!

Oliver Pickwick disse...

Sem dúvida, o planeta do incrível Hulk. Nem o Stan Lee desenharia melhor.
Um abraço!

Selena Sartorelo disse...

Sem pé nem cabeça...

Só pensamento
que elouquece
o sentimento.

Brisa que vira vento
e trás o momento
Vento que vira brisa
um só alimento

Pé de mear
Que impede
o alcançar


Pé descalço!
Pé de barro
Pé bem feito
Pé rachado
Pé cansado

Pé que leva
Pé que tráz
Um outro andar
um novo caminhar
Sem nunca chegar
Sem querer lugar

Pé de ir
Pé de voltar
Pé pra tropeçar
e também prá levantar

"Pé meu querido Pé de quê?"


beijos,
Selena

VANUZA PANTALEÃO/OBRA LITERÁRIA disse...

Sabe, amigo!
Acho que precisamos conversar, numa boa!
Meu e-mail está na lateral do perfil, ou seja:
vanuzapa@yahoo.com.br
E lhe adianto, é um assunto do seu máximo interesse.
Bom final de semana!Bjs

Cultura Malcriada - disse...

Casou perfeitamente a imagem com o texto...

Selena Sartorelo disse...

Obrigada por mais esse presente..
Sinto-me honrada de estar aqui de verdade.

abraços,

Selena

Essência Pura disse...

Um pé que caminha...descalço...
Um pé que desabrocha...prá vida...
Um pé com cabeça...sem nexo...que diz tudo...

Só um pé...perfeito

Bom final de semana

Miriam

Patrícia Gonçalves disse...

Moço dos dedos mágicos, tem uma lembrancinha pra você lá no dias genéricos!

beijão

P.S - Parabéns ao Big Clash e Serena, incrível, muito bom os poemas!

Canteiro Pessoal disse...

Sr do Vale, simplesmente, MARAVILHOSO!

Abraços.

Priscila Cáliga

tonholiveira disse...



Deu pé...
ao pé do VALE!

:)