Epílogo

Epílogo...


enquadrei a última cena.

Céu turvo a teimar com as estrelas


Meu acelerador de partículas em contagem progressiva


Me perdi na vastidão


do seu corpo


noites de neon

ventos tropicais


Terra do amanhã

não vou mais te esperar



Pintura: Sr. do Vale
Texto: Big clash

12 comentários:

Carmello Café disse...

Amigo, depois comento sobre sua mais nova obra. Agora não dá porque não paro de rir por causa disso aqui:
"O instrumento da palavra oca é a ocarina?" (KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK)
Um abração, amigo.
Até!

BIA disse...

...Céu de esperanças...

Terra de paixão e recapitulação...

(não se preocupe, está tudo bem!)

BIA disse...

Ups... abraço terno e um beijo muito amigo


BIA

BIA disse...

Volto atrás...


Natal?

Selena Sartorelo disse...

Olá Senhor...ainda aguardo sua autorização para o uso de um outra imagem sua em outro texto meu.
Sinto-me cometendo uma infração.
(ela já está no blogger).
abraços,
Selena

Selena Sartorelo disse...

Seu epílogo me faz sentir dois extremos...
um de vida
e outro de morte
e entre eles um oco quase negro que trás a sensação da morte de mais um dia
e o magnifico nascimento de outra noite para completar mais um ciclo...cíclico.

beijos,

beto melodia disse...

olá, sr do vale.

epílogo. perfeitamente retratado o término do ato, da ação, da vida...

um bom início de semana, meu amigo.

Big clash disse...

Epílogo...
enquadrei a última cena.
Céu turvo a teimar com as estrelas
Meu acelerador de partículas
em contagem progressiva
Me perdi na vastidão
do seu corpo
noites de neon
ventos tropicais
Terra do amanhã
não vou mais te esperar

VANUZA PANTALEÃO/OBRA LITERÁRIA disse...

Oi, amigo do Vale!
Outro trabalho digno de aplausos!
Olha, estou com problemas no PC e meu filho que é tecnólogo em informática e entende desses negócios complexos, me pediu para retirar imagens do blog para que não ficasse tão lento, mas só estou retirando uma de cada duas pinturas. Peço-lhe desculpas, independe da minha vontade!Bjs

Big clash disse...

Olá Sr. do Vale...
mais uma vez, obrigado pela oportunidade.
Abraços.

Lyra disse...

Lamentavelmente não me tem sido possível visitar este blog com tanta assiduidade quanta ele merece e que eu gostaria.
Fica, no entanto, a promessa de um regresso em breve para uma leitura pormenorizada.

Até lá ficam os desejos de tudo de bom e um excelente fim de semana.
Beijinhos e até breve.

;O)

P. S. - Nunca me esqueço de ti!

Oliver Pickwick disse...

Este epílogo está demais! O verdoso a la open GL é fantástico.
Um abraço!