Abraço

Desenho: Sr. do Vale

12 comentários:

instantes e momentos disse...

belo blog, muito bom, gostei daquui

Renata Maria Parreira Cordeiro disse...

Esse "abraço" é uma das coisas mais lindas que já vi nessa minha breve vida. Talvez seja breve mesmo, Sr. do Vale. Venha ver-me, estou à sua espera.
wwwrenatacordeiro.blogspot.com/
não há ponto depois de www
Um beijo fraterno,

Diva disse...

E medo do afago...
Bjs meus

Veneide, sem clone disse...

Encontrei vc no blog da Renatacordeiro.
Parabéns pelo aniversario que se aproxima! um abraço

Renata Maria Parreira Cordeiro disse...

Sr. do Vale:
A monalisa não tem peitos, e os tenho e, sem falsa modéstia, que peitos! Que o Sr. soube bem intuir. Monalisa é assexuada, parece um ser andrógino. Obrigada pela presença no meu blog e pela força.
Um beijo,
Renata Cordeiro

Renata Maria Parreira Cordeiro disse...

Pelo menos mais bonita do que ela, eu sou e tenho uma vantahem: por ora, ainda não morri.
Não se preocupe com Da Vinci, já foi comido pelos vermes. E logo, logo, serei eu o seu alimento.
Um beijo,
Renata

Carla disse...

...que mais posso dizer a não ser que continuo encantada com os seus trabalhos!
boa semana
beijos

BIA disse...

Percorri devagarinho, a casa que tem a porta aberta...

Por agora, nada posso dizer que dignifique a beleza de cada recanto... Se não é pedir muito, escute o silêncio das palavras que deixo por dizer(sei que é atento a cada cruzamento, eu também)...

Um dia destes, volto. Até lá, um abraço de peito aberto

BIA

Renata Maria Parreira Cordeiro disse...

Sr. do Vale, dá vontade de ficar horas aqui. Acordei bem e fiz uma resenha sobre um filme que está em cartaz em São Paulo, mas cujo DVD importei porque não posso sair. O título em português é A Outra. É sobre o triângulo "amoroso" entre Henrique VIII, Ana Bolena e Maria Bolena,a irmã de Ana, cuja existência eu ignorava até ver o filme.
Apareça por aqui:
wwwrenatacordeiro.blogspot.com
não há ponto depois de www
Um beijo,
Renata

Obrigada à Lua, Mãe Ancestral que nos ensina a Arte de Curar - Madre Del'Alma disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Obrigada à Lua, Mãe Ancestral que nos ensina a Arte de Curar - Madre Del'Alma disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Obrigada à Lua, Mãe Ancestral que nos ensina a Arte de Curar - Madre Del'Alma disse...

Não sei por que, quando vi essa sua obra, me reportei a outra que tenho verdadeira paixão...A Vitória de Samothrace. Ela é a estátua alada de uma mulher majestosa e guerreira, posicionada à frente do convés de um navio grego vitorioso em batalha mortal contra o inimigo sírio, por volta de 290 A.C. Esculpida em mármore róseo por um artista desconhecido, de Rhodes, representa a deusa grega Nike, a deusa da Vitória, e é uma das obras primas sobreviventes do período Helênico, quando os gregos conquistaram por completo a arte da representação do corpo humano.
A única diferença entre as duas é que a vitória, hoje, está sem a cabeça e os braços, e mesmo assim, a sensação Universal do poder feminino é Maravilhosa...A forma como essas duas obras retratam o poder feminino é incrível. Obrigada por mais essa viagem inesquecível do passado junto ao presente infinito...
Receba como retribuição e gratidão querido amigo, o abraço Gigante aqui retratado por essas belezas Universais do feminino.
Carinhosamente
Stellinha :)