Musa

Desenho digital: Sr. do Vale

No medo o desejo contido retém...
A força de expansão gela-me.
Quando quero quente.
Chama de um poderoso Sol.
Congela-me num arrepio,
Que te vejo de branco,
Sob os olhos dos edifícios.

CLAQUETE!!!

A cidade está em movimento,
Cena de agressão,
O homem cai,
Culpado pela lei,
Levanta, corre.

Na tela o sangue,
Deforma, transforma, a forma.
Robô medieval.

E na inocência, oculta do cinema,
Medita...

Essência mulher,
Mil anos além,
Procriação.

Compreendo não conhece-la,
Mas senti-la,
Fêmea.

IOANES NULLIUS